Programa de Visitas Itinerantes às Mantenedoras faz nova parada: Divisão Comércio do Grupo Águia Branca

09/07/2018

Na segunda-feira, 2 de julho, horas após a Seleção Brasileira carimbar sua vaga às quartas-de-final da Copa do Mundo da Rússia, Luiz Wagner Chieppe, Aridelmo Teixeira e Hélio João Pepe de Moraes também colocaram seu time em campo. Eles foram recebidos pelo diretor-geral da Divisão Comércio do Grupo Águia Branca, Riguel Chieppe, e pelas principais lideranças dos estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná, durante o Encontro Rede Estratégica, no Sheraton Hotel, em Vitória, para apresentar o Programa de Visitas Itinerantes às Mantenedoras do Espírito Santo em Ação.

Além de diretor de Relações Institucionais do Grupo Águia Branca, Luiz Wagner é diretor-presidente do movimento empresarial e fez uma apresentação institucional da entidade; diretor-institucional do Instituto Líderes do Amanhã, Moraes falou um pouco sobre a forma de trabalhar do grupo que tem como proposta formar jovens lideranças; e Teixeira, que acaba de assumir o Projeto Multiplicação da Escola em Tempo Integral, ressaltou a importância da iniciativa deste modelo inovador de ensino que tende a crescer ainda mais nos próximos anos no Estado.

Lançado como parte das comemorações dos 15 anos do Espírito Santo em Ação, o programa de visitas tem como proposta divulgar as ações e projetos em desenvolvimento na entidade às empresas mantenedoras da instituição. O primeiro encontro dos executivos com representes dos mantenedores foi na quarta-feira, 20 de junho, durante um café da manhã no Centro de Memórias da Águia Branca, para diretores e líderes da Viação Águia Branca.

Ao justificar a presença da comitiva do movimento empresarial – instituição que tem o Grupo Águia Branca como um de seus mantenedores – num evento fechado da Divisão Comércio, Riguel recorreu à característica social que marca a história da empresa. “Essa é uma forma de mostrar o envolvimento do Grupo em algo maior, que transcende a parte econômica de nosso negócio”, resumiu, lembrando que Nilton Chieppe foi um dos fundadores e é também ex-presidente da instituição.

A apresentação

Luiz Wagner Chieppe abriu a palestra apresentando os três pilares que regem o movimento empresarial – Educação, Formação de Liderança e Gestão Pública Eficiente.

“E estamos debruçados sobre educação, formação de liderança e gestão pública porque entendemos que sem esses três pilares o desenvolvimento não acontece”, explicou o executivo, antes de chamar Hélio João Pepe de Moraes para sua apresentação sobre o Líderes do Amanhã. “Somos um conjunto de pessoas que trabalha baseado em valores e com vistas a novas lideranças empresariais”, resumiu Moraes. A entidade, nascida em 2010, dentro do Espírito Santo em Ação e bem focada em gestão já é considerada uma das melhores do País.

“Ninguém consegue transformar um Estado se não for pela Educação”. Com essa afirmação, Aridelmo Teixeira iniciou a apresentação do Programa Educação em Tempo Integral, modelo de longo prazo que visa formar alunos autônomos, solidários e competentes, através de um modelo pedagógico que reúne base curricular comum, aulas eletivas, clubes e construção de um projeto de vida cuja grande novidade é o fato do estudante ser o centro da escola.

“O cenário da educação nos aponta uma estatística de apenas 19% da população capixaba que chega aos 18 anos conseguindo desenvolver bem cálculos matemáticos e Língua Portuguesa. Precisávamos encontrar um modelo que nos ajudasse a solucionar esse problema”, explicou ele, completando em seguida.

“Como no Espírito Santo em Ação somos treinados a pensar longo prazo, nossa meta é ter a Educação em Tempo Integral em 300 escolas até 2030 e pelo menos uma unidade dela nos 78 municípios do Estado”. Atualmente, o programa está em funcionamento em 32 escolas da rede estadual, com 20 mil vagas ofertadas.

Quando o assunto é este modelo diferenciado de ensino, sempre que possível alunos, diretores e professores das escolas de tempo integral são chamados para eventos como este que aconteceu no Sheraton Hotel. Desta vez, as convidadas foram as alunas Yasmin Freitas e Ingrid Bicalho, estudantes do 1º Ano da Escola Viva São Pedro, a primeira unidade de tempo integrada implantada no Estado.

Ingrid declamou o poema “Aprendi a Acreditar”, escrito por ela mesma, acompanhada por Yasmin no violão. E no final, ambas compartilharam um pouco de suas experiências. “Tenho necessidade de sonhar e em São Pedro meus sonhos mudam comigo, eles me acompanham”, resumiu Ingrid. E Yasmin completou. “Aquilo lá é um mundo novo, gosto e me sinto viva lá dentro”.

voltar

empresas do grupo

passageiros

logística

comércio