vix-traz-novidade-na-operacao-controle-remoto

Vix traz novidade na operação: controle remoto

23/12/2015

O que pode parecer cenário de filmes, já é realidade na Vix Logística. Com inovação, pró-atividade e visão estratégica, a empresa desenvolveu um sistema que permite a movimentação de tratores a partir do acionamento de um controle remoto, sem a necessidade de um motorista dentro do veículo. O projeto, pioneiro no Brasil, já está em fase de operação e é utilizado para áreas industriais.

“Estamos conectados com as novidades tecnológicas e, sempre que possível, vamos aplicá-la às nossas operações, garantindo mais agilidade nas atividades, segurança para nossos colaboradores e customização para os nossos clientes. Com inovação, buscamos sempre estar alinhados com a necessidade das operações”, disse o diretor geral da Vix Logística, Kaumer Chieppe.

Atualmente, a operação com controle remoto é utilizada no contrato ArcelorMittal Tubarão, na atividade de transformação de sucata em guza, uma espécie de ferro em estado líquido. O operador da Vix dirige um trator acoplado a uma caçamba carregada de sucata até a entrada do convertedor, equipamento que transforma o material em guza.

Em seguida, o operador sai do trator e passa a operá-lo por um controle remoto, que leva a caçamba até o convertedor e faz o depósito da sucata. Depois, ainda por meio do controle remoto, a caçamba é direcionada para fora do convertedor e o operador assume novamente a direção.

Tecnologia
O projeto surgiu com o objetivo de garantir a segurança do operador durante atividades de alto risco e melhorar a produtividade. A tecnologia foi desenvolvida pela Vix Logística em parceria com o cliente e fornecedor, adaptando tecnologias de uso de controle remoto
já existentes à grandes equipamentos, como o trator. A empresa também possui caminhões muncks e pás carregadeiras operadas por controle remoto, utilizando técnicas similares.

Números
3 tratores
12 operadores
72 viagens por trator a cada 24h
2 mil toneladas de sucatas transportadas por dia
20 minutos é o tempo médio de cada viagem

voltar

empresas do grupo

passageiros

Coligada

logística

comércio